Cefa­leia nada mais é que o termo cien­tí­fico, a pala­vra que os médi­cos usam para dor de cabeça.

Tipos Curi­o­sos

Alguns tipos de dor de cabeça são pecu­li­a­res, quer seja pela sua mani­fes­ta­ção, quer seja pela natu­reza do seu desen­ca­de­a­mento ou até mesmo pelo seu tratamento.

As cefa­leias do esforço físico são tipos de dor que nos fazem pen­sar em outra doença, cir­cu­la­tó­rias ou de pro­ble­mas de arté­rias e veias, é pre­ciso uma inves­ti­ga­ção diag­nós­tica espe­cí­fica. É um tipo de dor que pode ocor­rer por qual­quer esforço: tosse, espirro, eva­cu­a­ção e exer­cí­cio físico, ou ati­vi­dade sexual.

A cefa­leia da ati­vi­dade sexual é ainda sub­di­vi­dida em cefa­leia pré-orgas­má­tica, que é uma dor em peso na cabeça e pes­coço que ocorre durante a ati­vi­dade sexual e aumenta con­forme a exci­ta­ção sexual, e a cefa­leia orgas­má­tica, como o pró­prio nome diz, ocorre durante ou após o orgasmo, de maneira súbita e muito intensa, che­gando ser explosiva.

A cefa­leia por estí­mulo frio ocorre após a inges­tão de algum ali­mento ou bebida muito fria. A cefa­leia do sor­vete é um sub­tipo e a expli­ca­ção para ela está na sen­si­bi­li­dade do nervo tri­gê­meo para tem­pe­ra­tu­ras muito baixas.

Cefa­leia do ócu­los de nata­ção, ou cefa­leia da com­pres­são externa ocorre quando não só ócu­los de nata­ção aper­tam muito a cabeça da pes­soa, mas tam­bém fai­xas, tia­ras, ban­da­nas uti­li­za­das por mulhe­res ou por des­por­tis­tas em geral.

Cefa­leia do banho quente. Incrí­vel não é? É rara, feliz­mente, foi des­crita pela pri­meira vez por Japo­ne­ses, e ocorre após qual­quer expo­si­ção tér­mica a água quente.

Cefa­leia do res­tau­rante chi­nês. É devida ao glu­ta­mato monos­só­dico, o Aji-no-moto®, que con­tém glu­ta­mato, um ami­noá­cido exci­ta­tó­rio do cérebro.

Cefa­leia em tro­vo­ada não é por causa de uma tro­vo­ada, mas pelo tipo de dor que ocorre, como se fosse uma trovoada.

A cefa­leia da diá­lise merece des­ta­que pois foram pes­qui­sa­do­res bra­si­lei­ros que a descreveram.

Nos pró­xi­mos posts deta­lha­re­mos outros tipos de cefa­leia, prin­ci­pal­mente a cefa­leia tensional.

Fonte: www.cefaleias.com.br

Load More Posts